header-add

Ministério da Justiça descarta corrupção em caso de fuga do Presídio de Mossoró

Postado em 03/04/2024 às 14:36

Ministério da Justiça descarta corrupção em caso de fuga do Presídio de Mossoró

Embora investigação não tenha encontrado indícios de envolvimento de funcionários, relatório indica erros nos procedimentos de segurança: busca por fugitivos completou 49 dias

O Ministério da Justiça e Segurança Pública afiirma não haver indícios de corrupção de funcionários na fuga de Deibson Nascimento e Rogério Mendonça da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. A conclusão é da Corregedoria-Geral da Secretaria de Políticas Penais, que divulgou um relatório nesta terça-feira (02).  

PF divulga possíveis disfarces de fugitivos de penitenciária de Mossoró
Reprodução

Apesar disso, o documento indica algumas falhas nos procedimentos de segurança da unidade prisional. Dez servidores vão responder a processos administrativos e outros 17 vão assinar termos de ajustamento de conduta. Um outro funcionário terá que passar por um curso de reciclagem.

A corregedoria determinou, ainda, a abertura de uma nova investigação. Dessa vez, a ideia é focar nos problemas estruturais do presídio. A íntegra do relatório desta terça, portanto, não será divulgada para não atrapalhar a nova apuração

Já são quase 50 dias de buscas pelos fugitivos e a suspeita é a de que eles ainda estejam na divisa do Rio Grande do Norte com o Ceará.

Fonte: https://www.band.uol.com.br/bandnews-fm/noticias/ministerio-da-justica-descarta-corrupcao-em-caso-de-fuga-do-presidio-de-mossoro-16678898