header-add

Assassinos usando fardas semelhantes da PM mata um dos traficantes mais perigosos de MG

Postado em 20/04/2024 às 14:25

Assassinos usando fardas semelhantes da PM mata um dos traficantes mais perigosos de MG

‘Nem sem Terra’, como era chamado, foi morto em Patrocínio, no Alto Paranaíba, na noite dessa sexta-feira (19); homem era conhecido por sua violência extrema e torturas

A Polícia Civil investiga o assassinato de um dos traficantes mais perigosos da história de Minas Gerais, Carlos Alexandre da Silva Juscelino, de 41 anos, conhecido como ‘Nem sem Terra’. O homem foi morto a tiros em sua casa, na cidade de Patrocínio, no Alto Paranaíba, nessa sexta-feira (19).

Nem sem Terra, comandou, por muitos anos, o tráfico no Morro das Pedras, na Zona Oeste da capital mineira. O traficante ficou quase vinte anos preso e estava em regime domiciliar há cerca de uma semana. Inclusive nessa sexta-feira (19), ele estava usando tornozeleira eletrônica, para monitoramento.

O criminoso era considerado o chefe do tráfico de drogas no Morro das Pedras, no final da década de 1990, inicio dos anos 2000. Nem sem Terra, era conhecido pela violência extrema, sendo apontado como autor de vários homicídios e torturas.

De acordo com fontes da Itatiaia, o traficante se converteu a religião e se mudou para Patrocínio, no Alto Paranaíba, justamente para fugir dos holofotes, mas nessa sexta-feira (19) ele foi executado. Segundo uma fonte ouvida pela reportagem, o clima agora é de apreensão para saber se esse assassinato irá causar desdobramentos.